Último satélite do sistema de geolocalização da China entra em órbita





O centro de controlo de Xichang, na prov√≠ncia de Sichuan, confirmou o sucesso da opera√ß√£o, ap√≥s o lan√ßamento, que ocorreu √†s 9.43 horas na China (2.43 horas em Lisboa), a bordo do foguete ¬ęLonga Marcha 3B¬Ľ.





O satélite completou a rede de 35 dispositivos de terceira geração (BDS-3) do sistema Beidou, lançado pelo país asiático em 2015, para oferecer cobertura de posicionamento global.

O lan√ßamento estava marcado para 16 de junho, mas foi suspenso por ¬ęraz√Ķes t√©cnicas¬Ľ.

A China começou a construir o Beidou há 20 anos, com o objetivo de ser autossuficiente em tecnologia de navegação e ter um sistema alternativo ao GPS.

√Č composto por duas constela√ß√Ķes de sat√©lite separadas. O Beidou-1 consiste em tr√™s sat√©lites que, desde 2000, oferecem cobertura limitada e servi√ßos de navega√ß√£o e posicionamento para a China e alguns pa√≠ses vizinhos.

O Beidou-2 come√ßou a operar em dezembro de 2011 com dez sat√©lites em √≥rbita e oferece servi√ßos de geolocaliza√ß√£o para pa√≠ses da regi√£o √Āsia-Pac√≠fico.

Com a conclusão do Beidou-3, o sistema alcançará cobertura global este ano e fornecerá uma alternativa aos outros três atualmente existentes: o GPS norte-americano, o Galileo europeu e o russo GLONASS.





O sistema dará à China maior independência face aos Estados Unidos e desencadeará a concorrência entre as duas potências num setor dominado, até à data, pela tecnologia norte-americana.

A sua conceção começou na década de 1990, quando os militares chineses procuraram reduzir a sua dependência face ao GPS, promovido inicialmente pelo Pentágono.

O investimento estimado da China no projeto ultrapassa os 10 mil milh√Ķes de d√≥lares.

Vários especialistas dos Estados Unidos reconheceram que o sistema de Pequim, tendo sido projetado algumas décadas após o norte-americano, aprendeu com a experiência deste e melhorou a precisão da geolocalização.

Manuel Rivas

Fernando Rivas. Compagino mis estudios superiores en ingeniería informática con colaboraciones en distintos medios digitales. Me encanta la el periodismo de investigación y disfruto elaborando contenidos de actualidad enfocados en mantener la atención del lector. Colabora con Noticias RTV de manera regular desde hace varios meses. Profesional incansable encargado de cubrir la actualidad social y de noticias del mundo. Si quieres seguirme este es mi... Perfil en Facebook: https://www.facebook.com/manuel.rivasgonzalez.14 Email de contacto: fernando.rivas@noticiasrtv.com

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *