"Terapias de convers√£o" LGBT "s√£o degradantes", diz especialista independente da ONU





As ¬ęterapias de convers√£o¬Ľ destinadas a mudar a orienta√ß√£o sexual de pessoas LGBT (l√©sbicas, gays, bis, transexual) s√£o ¬ędegradantes e discriminat√≥rias¬Ľ, disse esta quarta-feira um especialista independente da ONU, pedindo a sua proibi√ß√£o global.





¬ęEssas pr√°ticas constituem uma viola√ß√£o flagrante dos direitos √† integridade f√≠sica, √† sa√ļde e √† livre express√£o da orienta√ß√£o sexual e da identidade de g√©nero de uma pessoa¬Ľ, adianta Victor Madrigal-Borloz, num comunicado √† imprensa divulgado esta quarta-feira.

O especialista independente da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU), que nos √ļltimos meses recolheu dados em mais de 100 pa√≠ses, sublinhou ainda que, ¬ęquando executadas √† for√ßa¬Ľ, estas terapias para tentar afastar as pessoas da sua orienta√ß√£o sexual ¬ętamb√©m constituem uma viola√ß√£o da proibi√ß√£o de tortura e maus-tratos¬Ľ.

Segundo Madrigal-Borloz, essas terapias ¬ęvisam exclusivamente as pessoas LGBT e a sua integridade e autonomia pessoais, porque a sua orienta√ß√£o sexual ou identidade de g√©nero n√£o √© o que √© percebido como um padr√£o desej√°vel¬Ľ.

Os especialistas independentes da ONU estão ligados ao Conselho de Direitos Humanos, mas a sua opinião não compromete a organização.

As terapias de conversão, praticadas principalmente nos Estados Unidos, mas também na Europa, costumam ser direcionadas contra a vontade de adolescentes gays ou transgénero.

Estas ¬ęterapias de convers√£o¬Ľ podem ¬ęenvolver inje√ß√Ķes maci√ßas de testosterona ou t√©cnicas para induzir avers√£o, como eletrochoques a um sujeito enquanto lhe s√£o mostradas fotos de atos homossexuais¬Ľ, afirmam os especialistas.





Em 2013, acrescenta o comunicado, a Associa√ß√£o M√©dica Mundial condenou essas ¬ęterapias de convers√£o¬Ľ como viola√ß√Ķes dos direitos humanos, considerando-as incompat√≠veis com a √©tica da a√ß√£o m√©dica.

¬ęN√£o h√° estudos conhecidos para concluir que a orienta√ß√£o sexual possa ser alterada permanentemente. No entanto, foi cientificamente comprovado que tais ‘terapias’ podem levar √† depress√£o, dist√ļrbios de ansiedade, perda de sensa√ß√Ķes sexuais e um aumento do risco de suic√≠dio¬Ľ, advertem os especialistas, sublinhando a urg√™ncia no combate a este problema.

Manuel Rivas

Fernando Rivas. Compagino mis estudios superiores en ingeniería informática con colaboraciones en distintos medios digitales. Me encanta la el periodismo de investigación y disfruto elaborando contenidos de actualidad enfocados en mantener la atención del lector. Colabora con Noticias RTV de manera regular desde hace varios meses. Profesional incansable encargado de cubrir la actualidad social y de noticias del mundo. Si quieres seguirme este es mi... Perfil en Facebook: https://www.facebook.com/manuel.rivasgonzalez.14 Email de contacto: fernando.rivas@noticiasrtv.com

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *